Publicidade
UOL BIBLIOTECA
Enciclopédias, livros, guias e arquivos de jornais e revistas para consulta online

Prefácio de C.G. Jung | Prefácio à Edição Brasileira | Prefácio à Primeira Edição | Introdução
Livro Primeiro: O Texto | Livro Segundo: O Material | Livro Terceiro: Os Comentários
Ajuda | Tabela dos hexagramas | Jogar o I Ching | Página Inicial


 63.



CHI CHI
APOS A CONCLUS?O
livro primeiro:

Acima: K'AN, O ABISMAL, AGUA.
Abaixo: LI, O ADERIR, FOGO.

jogar outra vez








leia também
comentário do livro
terceiro sobre este
hexagrama

nota do autor | julgamento | imagem | linhas móveis

nota do autor 
Esse hexagrama é um desenvolvimento do hexagrama T'ai, PAZ (11). A transição da desordem à ordem completou-se, e agora todas as coisas se encontram em seus devidos lugares, até mesmo em detalhes. As linhas fortes estão nas posições fortes, as linhas fracas, nas posições fracas. 76 Esse é um aspecto muito favorável e, no entanto, é ao mesmo tempo um motivo para preocupação. Pois é exatamente quando se alcança o equilíbrio perfeito que qualquer movimento pode levar à desordem. A linha forte que se dirigiu para o alto, conseguindo assim a completa ordem nos detalhes, é seguida por outras; cada uma dessas linhas se move de acordo com a sua natureza e, de repente, reaparece o hexagrama P'i, ESTAGNAÇÃO (12). Portanto, o presente hexagrama indica as condições de uma época de apogeu, a qual requer a mais extrema cautela.

julgamento 
 Sucesso em pequenas coisas.
A perseverança é favorável.
Ao começo, boa fortuna; ao final, desordem.

A transição do antigo ciclo para o novo já se realizou. Em princípio tudo está em ordem, com apenas alguns detalhes nos quais o êxito ainda não foi obtido. Em relação a isso, porém, deve-se ter o cuidado de manter a atitude correta. Tudo parece prosseguir no rumo certo de maneira tão natural que o homem facilmente é tentado a relaxar em seu esforço, deixando que as coisas sigam seu próprio curso, sem se preocupar com detalhes. Porém, essa indiferença é a raiz de todos os males, acarretando, como conseqüência necessária, os sinais de decadência. Aqui se enuncia a regra que, em geral, determina a história. Mas essa regra não é uma lei inexorável. Aquele que a compreende poderá evitar seus efeitos graças a uma incessante perseverança e cautela.

imagem 
 Água sobre fogo:
a imagem da condição de APÓS A CONCLUSÃO.
Assim, o homem superior reflete sobre o infortúnio e previne-se antecipadamente contra ele.

Quando uma chaleira com água se encontra sobre o fogo, os dois elementos interagem e assim gera-se energia (a produção do vapor). Porém, a tensão que isso produz exige cautela. Se a água ferve e transborda, o fogo se apaga e a energia é perdida. Se o calor for demasiado, a água evapora. Os elementos que aqui se encontram em interação gerando energia são, por natureza, hostis um ao outro. Só a máxima cautela pode evitar danos. Na vida também há situações em que todas as forças estão em eqüilíbrio, interagindo em harmonia. Tudo então parece estar em ordem. Em tais períodos só o sábio reconhece os sinais que pressagiem o perigo e sabe como evitá-lo, providenciando, em tempo, medidas preventivas.








linha móvel na primeira posição 
 Nove na primeira posição significa:
Ele freia suas rodas.
Sua cauda mergulha na água.
Nenhuma culpa.

Nos períodos após uma grande transição tudo pressiona para adiante, em direção ao desenvolvimento e ao progresso. mas esse ímpeto de avanço, quando ainda se está no começo, não é benéfico, excedendo-se à meta, conduz sem dúvida a perdas e colapso. Por isso um homem de caráter forte não se deixa envolver pela agitação geral e se detém a tempo. mesmo assim, ele ainda pode ser afetado pelas conseqüências desastrosas da pressão geral. Mas seria, então, atingido apenas nas costas, assim como uma raposa que, tendo cruzado a água, deixa que ao final da travessia sua cauda se molhe. Isso não acarreta danos sérios, pois sua conduta foi correta.

linha móvel na segunda posição 
 Seis na segunda posição significa:
A mulher perde a cortina de sua carruagem.
Não corra atrás dela;
no sétimo dia você a receberá de volta.

Quando uma mulher viajava em carruagem, uma cortina a resguardava dos olhares curiosos. Seria considerado contrário aos bons costumes seguir viagem caso essa cortina se perdesse. Aplicado à vida pública, isso significa que um homem que deseja realizar algo não recebe de parte das autoridades competentes a confiança de que necessita para sua proteção pessoal. Especialmente no período após conclusões é possível que aqueles que alcançaram o poder tonem-se arrogantes e presunçosos, não mais procurando promover novos talentos.
Em geral isso tem como conseqüência o arrivismo. Um homem em quem seus superiores não depositam confiança tenta conquistá-la por todos os modos e meios e procura chamar a atenção sobre si. Esse procedimento indigno é desaconselhado. "Não o procure." Ele não deve se rebaixar diante do mundo, mas esperar com tranqüilidade, desenvolvendo seu valor através do esforço próprio. Os ciclos mudam. Transcorridas as seis etapas do hexagrama, uma nova era surgirá. O que pertence a um homem não pode ser perdido para sempre. O que lhe pertence retornará naturalmente. Ele precisa apenas saber esperar.

linha móvel na terceira posição 
 Nove na terceira posição significa:
O Ilustre Ancestral castiga a terra do diabo.
Depois de três anos ele a conquista.
Não se devem empregar homens inferiores.

O "Ilustre Ancestral" é o título dinástico do Imperador Wu Ting, da dinastia Yin. Depois de ter posto em ordem o seu reino com pulso firme, manteve prolongadas guerras coloniais procurando subjugar os Hunos, que ocupavam as terras na fronteira norte, e que representavam uma constante ameaça de invasão.
A situação aqui descrita é a seguinte: na época após a conclusão, um novo poder se impõe e tudo dentro do país é posto em ordem. Então, a seguir, é quase inevitável a vinda de um período de lutas visando a uma expansão colonial. Em geral, isso resulta em guerras delonga duração. Por isso uma correta política de colonização é de extrema importância. Territórios conquistados com tamanho sacrifício não devem ser encarados como um asilo para quem, tendo se tornado de algum modo indesejável em sua própria terra, servisse, no entanto, paras as colônias. Tal atitude arruina já de início qualquer possibilidade de sucesso. Isso é válido tanto em assuntos de pequenas proporções como em problemas de maior dimensão. Não são apenas os países em expansão que praticam uma política colonial. O desejo impetuoso de se expandir, o qual traz consigo tantos perigos, é parte de qualquer empreendimento ambicioso.

linha móvel na quarta posição 
 Seis na quarta posição significa:
As melhores roupas viram farrapos.
Seja cauteloso durante todo o dia.

Em épocas de florescimento cultural convulsões ocasionais tendem a ocorrer, trazendo à tona males latentes na sociedade, o que, ao início, causa grande agitação. Entretanto, como a situação, em termos gerais, é favorável, esses males podem ser reparados com facilidade e mantidos fora do alcance do público. Então tudo é esquecido e uma paz superficial volta a reinar. Porém, para o homem que sabe discernir, tais ocorrências são graves indícios, aos quais ele não negligencia. Esse é o único meio de se evitar conseqüências nefastas.

linha móvel na quinta posição 
 Nove na quinta posição significa:
O vizinho do leste que sacrifica um boi
não consegue uma felicidade tão verdadeira
quanto o vizinho do oeste com sua pequena oferenda.

A atmosfera espiritual que prevalece no período após a conclusão influencia também as atitudes religiosas. Nos cultos ao divino, a simplicidade das antigas formas é substituída por ritos cada vez mais elaborados e por uma pompa externa cada vez maior. Mas essa ostentação carece de seriedade interior. A arbitrariedade humana toma o lugar da obediência conscienciosa à vontade divina. Mas enquanto o homem vê o que está diante de seus olhos, Deus vê o coração. Por isso um culto grandioso, porém desprovido de emoção, não recebe tantas bênçãos quanto um sacrifício simples, porém oferecido com verdadeira devoção.

linha móvel na sexta posição 
 Seis na sexta posição significa:
Ele mergulha a cabeça na água.
Perigo.

Aqui, a conclusão, outra advertência é acrescentada. Depois de haver cruzado as águas, uma pessoa só mergulhará sua cabeça se for tão imprudente a ponto de voltar atrás. Na medida em que continua seguindo adiante, sem olhar para trás, escapará a esse perigo. Mas há um certo fascínio em parar e olhar o que passou, contemplando o perigo que já foi superado. Porém, essa fútil auto-admiração traz infortúnio, expondo o homem a riscos. Ele acabará sendo vítima desse perigo, a menos que finalmente se decida a seguir adiante sem se deter.

nota do autor | julgamento | imagem | linhas móveis

jogar outra vez
mande por e-mail

leia também comentário do livro terceiro sobre este hexagrama

Prefácio de C.G. Jung | Prefácio à Edição Brasileira | Prefácio à Primeira Edição | Introdução
Livro Primeiro: O Texto | Livro Segundo: O Material | Livro Terceiro: Os Comentários
Ajuda | Tabela dos hexagramas | Jogar o I Ching | Página Inicial